Untitled Document
Untitled Document
Reitoria
Graduação
Pós-Graduação
Serviços
Biblioteca
Estrutura
Localização
Vestibular
Medicina
Jogos
Grade e Corpo Docente
Empresa Júnior
 







 
Untitled Document Untitled Document
Alunos de Medicina acompanham aula de dissecação em cadáver na primeira semana de aula
Evento faz parte da disciplina de Anatomia Humana do curso do UniSALESIANO
 
05/03/2018 - 9h - D.C.

O curso de Medicina do UniSALESIANO proporcionou aos alunos, já na primeira semana, uma aula de anatomia com dissecação em cadáver. O evento gerou ansiedade e expectativa entre os novos acadêmicos, já que são poucas as universidades no país detentoras de peça anatômica verdadeira. No caso do UniSALESIANO, há dois cadáveres, um do sexo masculino e outro do sexo feminino.

O coordenador do curso de Medicina, Doutor Antônio Henrique Poletto, destaca um aspecto muito importante dessa aula: a motivação. “Depois de uma aula prática motivadora, o aluno sai com mais vontade de estudar”, comemorou.

Além disso, Poletto frisa que uma aula de anatomia com dissecação em peça anatômica verdadeira permite que o acadêmico desenvolva os três pilares da competência; a habilidade, atitude e o conhecimento.

A 1ª aula de Conferência do curso de Medicina foi ministrada no dia 23 de fevereiro pela professora de Anatomia Humana, Simone Galbiati Terçariol. Ela explica que a dissecação do cadáver foi inserida no tema “História da Anatomia” que se relaciona à medicina do século passado.

A docente destacou na aula, antes da dissecação, o famoso quadro de Rembrandt, do ano de 1632, intitulado: “A lição de anatomia do Dr. Tulp”. “No período de inverno ocorria um evento na cidade, as dissecações, que eram realizadas em um teatro anatômico com a presença dos principais anatomistas da época e cobrada a entrada da população”, contou.

Dr. Tulp, médico e anatomista, dissecava os corpos de prisioneiros enquanto fazia as explicações do procedimento aos presentes. “Baseando-se neste episódio, após a conferência, os alunos do curso de Medicina se dirigiram ao laboratório de Anatomia da instituição onde foi realizada a dissecação do braço do cadáver”, completou. A dissecação consiste, no estudo da anatomia, na abertura e/ou separação de organismos mortos, com o objetivo de estudar diferentes órgãos ou outras peças anatômicas.

O estudante Daniel Hosken de Oliveira, de 33 anos, do Rio de Janeiro, se surpreendeu com a aula. “Não esperava já ver a dissecação em cadáver na primeira semana. Isso faz a diferença.”

 
Untitled Document
 
 
 


Untitled Document
© 2003 - 2015 | Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium - Todos os Direitos Reservados eXTReMe Tracker